3 de mai de 2017

Teoria: e se as três armas ancestrais já estivessem nas mãos dos Mugiwara?



 Como sabemos, existem três grandes armas lendárias no mundo de One Piece. Elas foram nomeadas de Uranus, Pluton e Poseidon, cada uma de acordo com suas demonstrações de poder.
O Governo Mundial utilizou as armas como argumento para proibir o estudo do Século Perdido, visto que seu poder destrutivo poderia levar o mundo a uma guerra inimaginável. Embora não tenhamos conhecimento de todas as armas, uma já foi identificada, que é a nossa princesa Shirahoshi (Poseidon), enquanto a outra se baseia nas plantas que Franky queimou em Enies Lobby (Pluton).
A última arma lendária a ser descoberta é a Uranus. Não temos praticamente nenhuma informação relevante a respeito dela, mas podemos teorizar de acordo com a mitologia de One Piece.
Mas e se os Mugiwara já tivessem todas as armas em suas mãos e não soubessem? Calma lá, vamos por partes!

Poseidon

Vamos começar pela arma que temos mais familiaridade. Como sabemos, Poseidon é o deus dos mares na mitologia grega (enquanto seu correspondente na mitologia romana é Netuno). Obviamente, Oda tomou como princípio utilizar a origem do deus grego para inserir o poder que cabe à descendência da família Ryugu. O poder se iniciou, portanto, através de uma sereia da família real Ryugu, que tinha a capacidade de se comunicar com os reis dos mares, criaturas gigantescas do mundo de One Piece. Esta sereia viveu durante o século perdido. Foi neste período que ela fez um pacto com Joy Boy, a fim de utilizar seu poder para trazer Noah de volta à superfície. Não sabemos ainda seu propósito, o qual só será revelado quando Noah emergir.  Depois que ela morreu, seu poder continuou através de sua linhagem, até chegar em Shirahoshi, sendo sua confirmação baseada na conversa entre Robin e o Rei Netuno.
Após a saga da Ilha dos Tritões, os Mugiwara criaram um forte vínculo com a família, especialmente entre Luffy e a princesa. Tomando por base este vínculo, já sabemos que Shirahoshi será uma aliada de extrema importância, especialmente durante a batalha final, cuja existência já é confirmada por Oda em entrevista.

 Pluton

Plutão na mitologia romana é conhecido como deus dos mortos e das riquezas. Antes de Roma absorver a cultura grega, eles não possuíam um equivalente a Hades para os gregos, cabendo este papel a Plutão.
Diferentemente de Poseidon, não podemos associar diretamente a arma ancestral ao poder de Plutão, visto que em Enies Lobby, confirmamos que Pluton nada mais seria que um grande navio de guerra com um gigantesco poder de destruição.
Também sabemos que Franky era responsável por proteger a planta do projeto, mas a queimou antes que a CP9 colocasse suas mãos nela. Porém, isto não quer dizer que Franky não tenha memorizado o projeto em sua mente, o que possibilitaria que, mais cedo ou mais tarde, a arma pudesse ser desenvolvida pelo carpinteiro.
Daqui, podemos partir para duas teorias diferentes. A primeira consiste no Sunny. E se o Franky instalasse uma tecnologia suprema dentro do Sunny que o potencializasse a ponto de se tornar a arma ancestral? Claro que sabemos que o Sunny é um navio tecnológico sim, mas pequeno se comparado a navios desproporcionais, como o navio-ilha do Moriah ou o navio de Big Mom. Seria ele capaz de ter um poder tão destrutivo? Depende. E se Franky adquiriu conhecimento tecnológico do Vega Punk durante seu treinamento e conseguiu adaptá-lo no Sunny? Talvez algo parecido com sua técnica de cola e seus famosos Coup.
A segunda teoria e a que eu acho mais coerente é: e se Noah fosse o “casco” de Pluton, ou seja, o navio que abriga a tecnologia destrutiva da arma lendária? Através do poder de Shirahoshi (Poseidon), eles trariam à superfície o grande navio, e novamente, Franky seria capaz de inserir tal tecnologia, tornando-a por fim a grande arma ancestral. É sabido que a arma existiu durante o século perdido, mas atualmente Noah se encontra no fundo do mar, “vazia”. Uma justificativa seria de que o Governo Mundial retirou essa tecnologia (ou até mesmo os aliados dos D. com medo de que caíssem em mãos erradas) e daí Noah veio a afundar perto da Ilha dos Tritões.
Qualquer que seja a teoria correta, a arma já estaria 50% nas mãos dos Mugiwara, visto que Franky tem o conhecimento de suas plantas.

Uranus 
 
A arma mais misteriosa de todas até então e com mais potencial para teorias. Urano é conhecido como o deus grego que representa os céus. Urano possui uma relação intrínseca com Gaia (a Terra). Ele é considerado um deus tirano e cruel, prendendo seus filhos dentro de Gaia e causando grande dor a ela. Foi por esta conduta que um de seus filhos, Cronos, rebelou-se contra o pai, cortando-o em vários pedaços.
Se partirmos do princípio que Urano representa o céu, mais especificamente o céu que circunda a terra, ou seja, a atmosfera, podemos concluir que seu poder advém do ar. E o ar é composto basicamente do quê? Isso mesmo, gases. Disto advém a teoria de que a arma ancestral Uranus nada mais é que uma fruta, a famigerada Gasu Gasu no mi.
E com quem está a Gasu Gasu no mi? Isso mesmo, Caesar (ou Gastino para os mais conservadores). E se compararmos Caesar com Urano, veremos algumas semelhanças. A primeira delas é sua relação com as “crianças”. O cientista aprisionava as crianças em seu laboratório para realizar experimentos, bem como Urano prendia os próprios filhos em Gaia. Além disso, sua personalidade cruel durante Punk Hazard se reflete na crueldade do deus grego.
Além disso, vimos a destruição que o poder de sua akuma no mi pode causar, tanto em Punk Hazard quanto em Zou, o que particularmente já oferece uma boa demonstração do poder de destruição em massa, algo que é característica primordial de uma arma ancestral.
Por mais que o personagem em questão esteja pincelando algumas mudanças em sua personalidade graças aos acontecimentos de Dressrosa e Whole Cake, o bando dos Mugiwara ainda assim o deixam sob vigia, escoltando o usuário da Gasu Gasu no mi o tempo todo. A causa disso se dá pelo fato de que Caesar é uma pessoa extremamente concorrida por nomes de grande influência no mundo de One Piece: Doflamingo, Big Mom, até mesmo pessoas do submundo.
Nada mais justo do que controlar este poder com pessoas que tenham uma determinada consciência de vida, como o bando dos Mugiwara. Para que o poder de Caesar não caia em mãos erradas, portanto, o bando se responsabiliza por suas ações. Logo, forçadamente ou não, a arma ancestral Uranus já estaria bem debaixo de seus narizes e eles nem desconfiam disso ainda.

E aí? O que acham dessa teoria? Sabemos que no final de One Piece teremos uma grande guerra que deixará Marineford no chinelo, com grandes nomes da Marinha e da pirataria se enfretando. Com Sakazuki na liderança, tendo em mãos o poder do Buster Call, eu não duvido que seja necessária uma grande força destrutiva para balancear o poder da marinha, bem como um grande número de aliados (que vêm se construindo ao longo de toda a cronologia de Luffy).
Não deixem de comentar suas impressões e teorias aqui, em nossa página ou em nosso fórum!

 
Copyright © 2014 Um Pedaço. Design por OddThemes