17 de jun de 2015

[Pensamentos Alheios] A Arquitetura de One Piece




Mais uma matéria especial para os fãs de One Piece! Um tempo atrás, a Mayara, uma amiga muito querida e também fanzaça de OP, veio conversar comigo sobre um material bem explicativo feito em maio de 2015, que fala da arquitetura de One Piece se relacionando com nosso universo. Essa minha amiga ficou tão encantada que resolveu traduzir esse material, pois ele só existe em inglês até o momento.
            Portanto, os créditos são todos dela (e do autor original)! Enfim, espero que aproveitem todas as informações e compartilhem com os amiguinhos fãs de One Piece também! E bora começar, palavras da May daqui por diante!

“Então, lá estava eu, vagando pelo Tumblr, quando me deparei com uma postagem de um blog chamado ‘Mfrov’. É um projeto de história da arte que ele fez (ou ela – não sei se o autor é homem ou mulher) com a ajuda de outro Tumblr, usando as referências presentes em One Piece. Achei a ideia genial, além de mostrar coisas que talvez, sozinhos, não percebêssemos. Isso só comprova que One Piece também é cultura - e uma das boas!
Enfim, achei tão bacana, que quis trazer para vocês (ou tentar). Com o objetivo de evitar que o texto ficasse muito repetitivo, traduzi trocando por um termo mais completo/adequado para nós. Espero que gostem!”

A ARQUITETURA DE ONE PIECE

Barcelona - Dressrosa

Comparação entre Dressrosa e Barcelona
Dressrosa é baseado na Espanha, principalmente em Barcelona, mas podemos ver referências para outros lugares e para a cultura espanhola em si. O estilo das casas é similar ao de Gaudi, além de serem parecidos com os estilos de Batlló e Mylá também.

Nós também podemos ver o Aqueduto de Segóvia passando pela cidade. E as referências mais óbvias são as touradas e a comida espanhola. Por último, temos Violet dançando sevillanas1

Dança sevillanas
1: tipo de música e dança folclórica, da região de Sevilha. É dançada por casais de todas as idades e sexos durante as celebrações.

Roma - Dressrosa

O Coliseu não é realmente uma arena onde touradas ocorrem, mas certamente se assemelha. A verdade é que é um anfiteatro romano: ele tem a mesma estrutura (bem, 5 níveis ao invés de 4), arquibancada e um espaço para naumaquias (batalha naval), água para os peixes de combate. Também tem o mesmo propósito: entretenimento, tendo até luta de gladiadores. 

Anfiteatro Romano
Veneza - Water 7

Water 7 é inspirado em Veneza. A arquitetura da cidade é praticamente a mesma que a da cidade italiana (apenas olhe para a ponte, ela realmente existe!!). As ruas estreitas, os canais e as gôndolas, que foram transformados em touros, mas a forma continua a mesma.

A ponte que aparece em Water Seven existe na vida real, em Veneza
Comparação entre Water Seven e Veneza
As pessoas de Water 7 são bem maleáveis e meio que sedutores, que é a forma como os italianos são vistos. Também vemos pessoas usando máscaras que se assemelham às famosas máscaras venezianas. 

Máscaras venezianas
 Egito - Alabasta

O cassino é claramente uma pirâmide, que contém ainda masmorras e armadilhas secretas. As ruínas e os edifícios também são inspirados em diferentes construções do Egito. 


Comparação entre Alabasta e Egito
 Também há semelhança nas Poneglyphs e a pedra de Rosetta2. As roupas e as Akumas no mi também foram inspiradas por essa cultura. 

2: A Pedra de Rosetta é um fragmento de uma estela. Pesando cerca de ¾ de tonelada, mede 118 cm de altura, com 77 cm de largura e 30 cm de espessura, sendo sua composição de granito negro. Seu nome é uma homenagem a cidade de Roseta, na província egípcia de Al-Buhaira, onde foi descoberta pelo exército de Napoleão, em 1799. As inscrições contidas na pedra são mais importantes do que sua composição. É uma mensagem escrita em três línguas distintas: grego, hieróglifos e demótico. Hieróglifos são escritos egípcios antigos, de difícil tradução e demótico é uma versão mais simples, popular dos hieróglifos. Estudiosos utilizaram o grego e o demótico, para traduzir os hieróglifos contidos na Pedra de Roseta, revelando assim, mais de 1.400 anos de segredos do antigo Egito.

Comparação entre Pedra de Rosetta e Poneglyph

 Fogong - Arlong Park e Paro Takshang - Amazon lily

Obviamente que teria algumas referências asiáticas, certo? Temos uma tonelada de samurais e um dragão chinês (Momonosuke). 


Há prédios (por exemplo: Arlong Park) que seguem a estrutura de pagoda, que são geralmente encontrados no Japão, China e Coreia. 

Estrutura pagoda

 O taktshang é um templo construído sobre um penhasco em Butan e Amazon Lily se parece muito com ele, quando olhamos para as cores e o estilo da construção.

Templo Takshang x Amazon Lily
 Cultura Pré-Colombiana – Sky Piea

É um mix das três culturas pré-colombianas: Maia, Asteca e Inca; com uma leve predominância da Asteca. O altar sacrificial parece Asteca, mas carece das colunas horizontais para cada nível e tinha desenhos esculpidos nele, sendo que, geralmente, os altares astecas não apresentam nenhum. 

Altar Sacrificial
Organização similar às dos Astecas
As roupas são um pouco parecidas também. 

Nola é uma serpente emplumada tirada da cultura pré-colombiana, foi esculpida nos templos a fim de honrar a força de seus guerreiros.   

Cobra com penas na qual a Nola foi baseada
 
OBSERVAÇÃO FINAL: devido ao tempo, algumas coisas ficaram de fora no projeto (e eles se dedicaram às referências artísticas apenas, não em relação às históricas ou qualquer outra). 

Créditos: Mayara (mais conhecida como Moshi Moshi) e Mfrov

-
 
Copyright © 2014 Um Pedaço. Design por OddThemes