29 de mar de 2015

Pensamentos Alheios: Detalhes da Produção Editorial de One Piece

  


OEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE POVO LINDO! Quanto tempo, ein??? Desculpe o sumiço, de verdade! Mas vamos logo em frente com esses Pensamentos Alheios!  

No dia 07 de março, – e eu escrevendo depois de mais de 20 dias - eu fui no bate-papo dos editores da Panini, Levi Trindade e Beth Kodama. O evento ocorreu em São Paulo, perto da estação de metrô Faria Lima. Aos que ainda não sabem, a Beth é a editora de One Piece no Brasil e, digamos, a porta-voz da Panini quanto a anúncios e palestras. 

O fato é que vira e mexe acabo descobrindo mais sobre a produção do mangá que nos interessa, e é isso que eu irei contar aqui! Ok, vai, na verdade verdadeira estou para escrever essa matéria HÁ TEMPOS! Mas as atribulações da vida não deixaram...Enfim, voltando.

Bom, antes de falar de One Piece, só queria dizer que o bacana do bate-papo é que ele também serviu para divulgar uma loja especializada de quadrinhos (como a Comix ou a Rika) chamada Empório HQ.  


Pra quem quiser acessar a loja: http://emporiohq.com.br/


Eu ainda não conhecia a loja e fiquei muito contente de ver que o lugar até tem bastante coisa! A partir de agora vou dar uma passada lá pra ver se acho umas edições que estou necessitando (Eureka Seven, plis T.T). 

O bate-papo foi um dos mais produtivos que eu já participei. Primeiro porque não foi uma palestra com outras editoras e nem tinha aquela multidão para fazer pergunta tipo “x título tem chance de vir pra cá?”. Ou seja, deu para tirar dúvidas substanciais e descobrir coisas, que até então eu não tinha conhecimento, como uma possível extinção dos mangás nas bancas de jornal, ou das dificuldades enormes que eles possuem com tradução, pelo simples motivo de não conseguirem entender o que um autor escreveu. Esse "não entender" significa não enxergar as letras miúdas ou os kanjis loucos (Miura, autor de Berserk, dá pesadelos até hoje pros caras xD). De toda forma não vou me alongar aqui, falarei mais desses assuntos em vídeo pois quero mesmo focar em One Piece!

O bate-papo não era para falar especificamente de One Piece, ele serviu mais para anunciar o spinoff de Ataque dos Titãs – No Regrets, um shojo que tem mais como foco a visão do Levi.(mangá que nem vou ler).  


Levi Trindade e Beth Kodama anunciando o mangá spinoff Ataque dos Titãs - No Regrets. Créditos da foto: JWave

Enfim, apesar disso, acabou saindo algumas informações  muito bacanas espontaneamente sobre a produção editorial de One Piece. A primeira delas foi saber que os Databooks de One Piece simplesmente se chamam Guia Oficiais porque sim. A própria Beth disse que não sabe o motivo da editora não chamar de Databook. Mas enfim, ficou Guia Oficial e eu estou apanhando para me acostumar com o termo HAHAHAHA!

A segunda coisa bacana foi saber que a própria Beth não editou esses dois extras e nem os tradutores oficiais dos volumes, Dios e a Drik, participaram! Foram outras pessoas que ficaram responsáveis pelos Data...errr...Guias Oficiais! Fiquei muito surpresa com isso, mas ao menos a tradutora foi a Karen, uma moça que traduz desde que os mangás ficaram mais famosinhos aqui no Brasil (tipo...2000, 2001 com a JBC e Conrad), ou seja, dá pra confiar.

Apesar de eu confiar, também não podemos esquecer dos errinhos do Red Databook (caso não saibam, vejam os dois vídeos abaixo).




Bom, só lembrando também a todos que a Panini lançou dois extras de One Piece até agora: O Guia Oficial Red e o Guia Oficial Blue (mais conhecidos como Databooks huahuehuae), que são materiais que recapitulam a história e nos dão informações extras da obra, dos personagens, do próprio Oda etc. Ainda dá para achar ambos os materiais nas principais livrarias do país.

Além de saber desses pequenos detalhes, Beth explicou que algumas traduções existentes em um título específico traz umas histórias um tanto divertidas pra contar! Foi aí que ela novamente citou One Piece. Ela, primeiramente, falou sobre si mesma, uma pessoa muito viciada em jogos de tiros, snipers e afins. Por isso ela tem um certo cuidado com as nomenclaturas dos cargos do exército e da marinha. 

Quando ela estava adaptando os termos em One Piece dos cargos da Marinha junto com sua equipe de trabalho, eles chegaram à conclusão de que precisariam adaptar os nomes à nossa hierarquia da Marinha. Precisou-se então ter uma conversa com o pessoal do Japão.

Porém, eles queriam porque queriam que o cargo do Smoker fosse “major” e a própria Beth bateu o pé para o termo, pois major é um cargo do exército militar no Brasil, e não da Marinha. Pois é, se lerem o mangá da Panini, verão que o cargo do Smoker ficou “Comodoro”. Esse sim é um cargo da Marinha Brasileira. Ou seja, a Beth conseguiu a mudança depois de muito tentar convencer os japas!

Mas nem sempre é assim, infelizmente, pois os japoneses SÃO MUITO CHATOS! Eles não permitem pôsteres, não permitem mudanças drásticas, nada! As coisas têm que ser do jeito deles! Isso acaba dificultando bastante para todas as editoras de quadrinhos aqui no Brasil. No entanto que imagem de capa interna da edição 38 teve uma mudança no seu relançamento. A primeira versão da edição 38, lançada ainda no ano de 2012, tinha essa imagem aqui!

Capa Interna da primeira edição 38


Na edição original não tem a imagem da foto acima, portanto, a edição  do relançamento (checklist de março de 2015) não é mais assim, pois os japoneses não deixaram colocar a mesma imagem da primeira versão. Algumas coisas são bem burocráticas, como podem ver. 

Muitas outras coisas foram discutidas no bate-papo e que renderiam outra matéria enorme, mas aí já não seria mais a respeito de One Piece hahaha, então a matéria acaba aqui mesmo! Nos vemos na próxima, espero que vocês tenham gostado das curiosidades!

Aliás, no evento eu participei de um sorteio e ganhei o mangá do Kentaro Miura, Gigantomachia. E olha...ADOREI a história! E dá um gostinho de quero mais no fim T.T



Ps: uma outra coisa que eu gostei do bate-papo foi de ter sido lembrada como uma puta fã de One Piece. Toda vez que a Beth citava os casos que ela teve com a tradução e cuidados com OP ela olhava ou apontava para mim. Putz, me senti tão realizada *-----* É nessas horas que eu vejo o quanto vale a pena estar aqui na Um Pedaço e ser fã dessa obra gostosinha :3

o/
 
Copyright © 2014 Um Pedaço. Design por OddThemes