10 de out de 2013

Devaneios: Doujinshi – Você sabe o que é?

One_Piece__Doujinshi_Cover_by_Risachantag

Fala, galerinha do barulho. Hoje vou falar de um assunto polêmico, e não, não é sobre mamilos. Bem, quase...

Mas como assim, Clari? Vai falar de coisas pervertidas? Não, meus queridinhos, eu adoraria falar sobre isso no universo de One Piece, mas precisamos manter a boa imagem do blog, ok? Ok. Vamos discutir um pouquinho sobre o universo dos doujinshi.

“Ma que é çapoha?” vocês me perguntam. Bem, um doujinshi pode ser uma revista, um novel ou um mangá feito normalmente por amadores, embora também possa ser produzido por profissionais. A palavra deriva dos kanji 同人(doujin), que significa um círculo de pessoas que possuem algo em comum, e 誌(shi), que significa publicação periódica.

Certo, certo, ainda não expliquei bem o que é. Resumidamente, são mangás e histórias em quadrinhos (“fan made comics”) feitas e publicadas pelos próprios artistas. Alguns autores de doujinshi produzem verdadeiras obras-primas, com qualidade tão alta quanto uma obra profissional. Mas qual a importância destes mangás amadores?

One Piece (1121)
A tia Clari é muito legal e traduziu algumas tirinhas para vocês.
Salvem e deem zoom para ler melhor.

Bem, primeiramente, os doujinshi possuem um grandíssimo nível de pornografia. Sim, é verdade. Os gêneros variam muito e vocês podem ver de tudo: hentai, moe, furry, yuri, yaoi, shota, lolicon, tentáculos, membros sexuais com elefantíase, um número infinito de perversões que só os japoneses são capazes de imaginar. Sabe como eles são, né? Hehe. Mas, garimpando com carinho a deep web, podemos encontrar ótimas histórias.

Segundo, os doujinshi não são feitos apenas de enredos novos, eles também podem nos trazer histórias de personagens que já existem, um mangá feito por um fã. Em outras palavras, imagine um mangá de One Piece feito em casa, por um fã, assim como eu e você!

556733_169328486552550_867852292_n
E se?

Infelizmente, nosso acesso a bons DJ (sigla para doujinshi) é fraquíssimo. Precisamos entender muito bem a língua inglesa, isto quando a obra está em inglês. Já encontrei em francês, espanhol, até mesmo em russo. A grande fonte destes DJ é o Japão. Lá, duas vezes ao ano, é realizado a Comiket, o maior evento com este tema. A estimativa é de 500 mil pessoas circulando cheias de grana no bolso pra comprarem estas belezinhas, ou seja, é um evento de grande importância, atraindo grandes editoras em busca de novos talentos, bem diferente do Brasil, não?

Nos eventos, os autores se reúnem em grupos, chamados círculos. Muitos usam pseudônimos, escondendo-se nestes círculos. Mangakás famosos começaram sua carreira desta forma, deem uma olhada nesta listinha generosa que ainda frequenta a Comiket:

- Grupo Clamp, que começou publicando doujinshi, como Clamp Cluster.
- Ken Akamatsu, criador de Love Hina e Negima, continua até hoje fazendo doujinshi sob o codinome de Awa Mizuno.
- Rikudou Koushi, criador de Excel Saga.
- Nanae Chrono, criadora de Peacemaker Kurogane. Começou publicando doujinshi com os personagens de Naruto.
- Maki Murakami, criadora de Gravitation.
- A artista Junko Mizuno, hoje mundialmente conhecida como uma artista pop japonesa, começou publicando doujinshi de Sailor Moon.
- Yukiru Sugisaki, autor de D.N. Angel, começou fazendo doujinshi de King of Fighters e Evangelion.

É, rapaz, não são apenas os grandes nomes de mangá que fazem circular dinheiro no Japão. Então vocês me perguntam: “Mas e quanto aos direitos autorais?”. Pois é, infelizmente, é crime sim infringir os direitos autorais. Entretanto, algumas editoras fazem vista grossa por saberem que muitos talentos em ascensão estão divulgando suas obras. Além disso, nada no mundo pode parar a pirataria na Internet. E é por isso que eu amo a Internet. “Poxa, tia Clari, que feio você incentivando a pirataria”. Bem, One Piece é sobre piratas, mas brincadeiras à parte, também é importante a compra de DJ, você pode encontrar toneladas deles no e-bay, por exemplo (pena que a maioria envolve pornografia).

Shanksdies
Uma das coisas que eu gostaria que acontecesse no mangá rs.
PS: não traduzi pelo motivo de “não saber editar coisas desse nível”.

Somos todos grandes fãs de One Piece e desejamos muitas coisas que o Oda não faz. Posso citar inúmeros exemplos disso: pares românticos que jamais ficarão juntos na série original, cenas que imaginamos no futuro do enredo envolvendo personagens que por algum motivo foram esquecidos, desejos de nossos personagens favoritos brilhando em alguma cena épica, pensamentos ocultos revelados, teorias que, desenhadas, são mais belas e vívidas, enfim, inúmeros momentos que desejamos ver do fundo de nosso coração. Pouquíssimos deles conseguem captar o que eu sinto diante de algum personagem.

Postarei um aqui que encontrei recentemente, é muito lindo. Traduzi e editei especialmente para vocês! Tomem cuidado com spoiler da saga atual no mangá:

1

2

3

4

5

6

7

Autora: Amai Tsumi.
Fonte: www.pixiv.net
Melhor doujinshi que eu já li na vida, beijos.

 

 

Também linkarei este que está em inglês, com os casais da Baroque Works, uma gracinha: http://www.mangapark.com/manga/one-piece-historic-grammar-doujinshi/v1/c1/all

Espero que tenham gostado da matéria, vocês já conheciam os doujinshi? Já leram algum, mesmo que sua classificação seja para maiores de 18 anos? Caso queiram referência para comprar, o site mais indicado é o www.ebay.com. Caso queiram apenas ler de algum site ou baixar DJ, os mais indicados são o www.pixiv.net e o www.tumblr.com. Por fim, se alguém quiser referência de algum DJ ou tema específico, é só deixar algo nos comentários (pode ser hentai que eu encontro pra vocês também hahaha).Beijos adocicados.

 
Copyright © 2014 Um Pedaço. Design por OddThemes